Edital FAUEPG – Conservatório

06/04/2010 at 13:34 (Histórico do movimento Conserva o CONSERVAtório)

O edital está disponível em www.fauepg.org.br

Algumas coisas estranhas:

* Não tem vaga para professores de: Flauta doce, acordeon, saxofone, trompete, cavaquinho e viola caipira…

* Só tem 3 vagas para professores de piano… sendo que tinham 8 anteriormente.

* Não tem vaga para pianista co-repetidor

* Só uma vaga, com 20hrs para professor de musicalização (e será pianista!)

* Para madeiras – 1 vaga – este professor vai ensinar clarinete, oboé e fagote?

* Coral pelo jeito não tem mais

* O Conservatório tinha 28 professores, serão 17 agora.

* O concurso vale por um ano. Isso mesmo. Depois de um ano, novo teste seletivo, ou seja, os professores podem mudar completamente. Justamente quando os professores e alunos estão pegando o jeito, se acostumando uns aos outros, o trabalho está rendendo os primeiros frutos…

* Dentre os professores aprovados serão escolhidos os professores de teoria. (?)

* 8 coordenadores para 17 professores??? Tá ficando igual a prefeitura isso aqui: quantos caciques para tão poucos índios… E estes coordenadores serão escolhidos (como? por quem? pelo QI?) dentre os professores aprovados.

PS: a Secretaria da Cultura tinha informado que nada iria mudar. Todos os cargos seriam mantidos. Todos os instrumentos continuariam a ser ofertados. Eles mentiram.

Link permanente Deixe um comentário

Pauta assembléia dia 8

06/04/2010 at 13:14 (Histórico do movimento Conserva o CONSERVAtório)

Convocação para Assembleia Extraordinária da APM do Conservatório Dram. Musical Maestro Paulino Martins Alves, nesta quinta-feira, 08/04, as 19h30, no SESC, sito à rua Theodoro Rosas, 1247. Sua presença é indispensável!
 
PAUTA:  
# Aluguel de Imóvel
# Destinação do Patrimônio da APM
# Composição de Chapa para o próximo mandato

Link permanente Deixe um comentário

Assembléia quinta, 8/abril 19:30h no SESC

02/04/2010 at 00:21 (Histórico do movimento Conserva o CONSERVAtório)

Alunos, pais, professores…

Assembléia importantíssima (ultimamente todas têm sido, mas esta é mais importante ainda) próxima quinta-feira, 19h30min, no SESC.

É indispensável mesmo sua presença, se você tem um compromisso, desmarque. O que será decidido é, literalmente, o futuro da APM.

Ajude a divulgar para seus amigos.

Atenciosamente, Mateus

Link permanente Deixe um comentário

Matéria Jornal da Manhã 30mar2010

30/03/2010 at 23:30 (Histórico do movimento Conserva o CONSERVAtório)

Link permanente 1 Comentário

Matéria Diário dos Campos 30mar2010

30/03/2010 at 23:28 (Histórico do movimento Conserva o CONSERVAtório)

Link permanente 1 Comentário

Informativo sobre manifestação na Câmara

29/03/2010 at 18:21 (Histórico do movimento Conserva o CONSERVAtório)

Caros amigos

Este é um informativo sobre a situação atual do Conservatório Dramático Musical Maestro Paulino Martins Alves, de Ponta Grossa.

Eu sou Bethyan Kelly, aluna desta escola há 11 anos, atualmente no último ano do curso de piano. Venho compartilhar o descontentamento com as mudanças impostas pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, através da secretária Elizabeth Schmidt que, logo no início do ano letivo e das atividades do conservatório (fevereiro de 2010), recebeu os 28 professores com um aviso prévio, informando a demissão deles e mudanças em toda a administração da escola, que até então era feita pela Associação de Pais e Mestres do conservatório (APM), através de contrato com a prefeitura, firmado há 19 anos.

Todos fomos pegos de surpresa, pois até ano passado a secretaria informava aos professores que não ocorreriam mudanças significativas no ano de 2010, tanto é que foram feitos planejamentos já no ano passado, inclusive entre professores e alunos, escolhendo conteúdo para a volta às aulas e peças para audições e concertos (de formatura, inclusive).

Porém, neste ano, a secretária informou que não encontrou nenhuma outra solução, a não ser acabar com o contrato com a APM, e que a administração seria feita então pela FAUEPG. Disse ela que não tinha outra forma, que era uma exigência do Tribunal de Contas (TC). Porém, em conversa direta com um representante do TC, o diretor do conservatório professor Maurício Haas soube que não houve tal exigência, ou seja, as aulas e o convênio poderiam continuar normalmente, e não haveria necessidade de demitir professores. Essa informação é negada até hoje pela secretaria. Para mais informações da situação e história do conservatório, por favor, acessem o blog https://conservaoconservatorio.wordpress.com/

Nós alunos (ao todo 556), só tivemos o direito de saber disso diretamente da secretária em março de 2010, quando ela resolveu participar de uma reunião da APM.

Lembrando que a decisão foi tomada ano passado, mas a secretária preferiu não avisar antes do Natal, para não estragar as festas de fim de ano! Apesar de parecer uma boa ação (!?), esta decisão impediu uma ação rápida dos professores e alunos em encontrar uma nova solução, além de prejudicar os próprios professores, que teriam mais tempo de procurar outro emprego para o ano de 2010, levando em consideração que o conservatório é muitas vezes a principal ou única fonte de renda deles, e que um novo edital de seleção para o “novo conservatório”, ainda será publicado.

 Ação:

Levando isso em consideração, e todas as conversas entre as duas partes que não deram certo, será feita uma manifestação na Câmara Municipal dos Vereadores, no dia 30 de março, terça-feira, às 13hrs. Esta manifestação servirá para:

1 – Requisitar, ainda mais uma vez, revisão desta decisão, para que a escola volte ao que era;

2 – Mostrar o repúdio dos professores, secretárias, pais e alunos ao modo como tudo foi feito e apresentado pela secretaria, e pela falta de consideração a tantos anos trabalhados para, neste momento, não termos o direto de participar ativamente destas mudanças;

3 – Se não for possível a revisão desta situação (o que parece ser o mais provável), apoiar o trabalho da APM na criação de uma Fundação e uma nova escola de música da cidade. Esta sim, que poderemos saber da história, do compromisso, e da qualidade dos cursos. Por mais que, talvez, não tenha o nome “conservatório”, esta nova escola será, realmente, o verdadeiro resultado do trabalho musical de 38 anos de história!

Sem mais, agradeço o apoio e peço para que divulguem para todos, amigos, colegas, familiares (inclusive se quiserem comparecer amanhã na Câmara, podem entrar em contato para detalhes).

Novas informações e notícias podem ser encontradas no blog.

Agradeço a atenção e ótima semana para todos nós.

Bethyan Kelly Roesler da Silva
Aluna do Conservatório.
bethyankelly@gmail.com

Link permanente Deixe um comentário

Carta aos alunos

27/03/2010 at 18:27 (Histórico do movimento Conserva o CONSERVAtório)

POR FAVOR LEIA E RESPONDA!

Caro(a) Aluno(a)

Sabemos que vocês receberam uma correspondência da Secretaria de Cultura e Turismo afirmando que as aulas terão início, através da FAUEPG, no dia 3 de maio.

Gostaríamos de continuar como escola. A escola que você conhece, com a mesma estrutura pedagógica, mesma equipe de professores, mesmo respeito pelo ser humano e o mesmo empenho pelo seu desenvolvimento integral.

Como vocês sabem, o convênio que viabilizava a continuidade do nosso trabalho, entre a Prefeitura Municipal de Ponta Grossa e a APM do Conservatório não foi renovado. Ele expirou em 26/02/2010 e foi prorrogado por um mês a pedido dos professores e direção com o intuito de não prejudicar o bom andamento do seu desenvolvimento, aluno, e também para que pudéssemos estar unidos na busca por uma solução para o problema.

Desde então temos buscado sua opinião, sua participação e seu apoio. Tentamos diversas alternativas negociadas junto a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e ao Prefeito Municipal os quais se mostraram irredutíveis na decisão de não renovar o convênio. Tentamos apoio junto a outros representantes da comunidade como Deputados Estaduais e Vereadores, os quais por sua vez, também encetaram esforços no mesmo sentido, ou seja, demover os mandatários da Prefeitura da decisão de encerrar o convênio com a APM. Suas tentativas foram infrutíferas. Por fim, temos buscado orientação jurídica no sentido de garantirmos o seu direito, aluno, de continuar a receber os ensinamentos que veio buscar quando nos procurou.

Lembramos que, embora não haja um contrato assinado, temos para com você um compromisso assumido desde o momento em que aceitamos sua matrícula.

A justificativa do Poder Público Municipal, através dos seus representantes para a não renovação do convênio, seria a não aceitação, por parte do Tribunal de Contas, deste tipo de repasse de verbas e ainda que as contas da APM não haviam sido aceitas pelo Tribunal.

Em contato direto com esse mesmo tribunal, na pessoa do Chefe do Departamento de Analise de Transferências, fomos informados de que não há nenhum problema em continuar com esse tipo de convênio. Apesar da Secretária de Cultura afirmar que existiriam irregularidades nas contas da APM, esse fato já foi esclarecido pela diretoria da APM e pelo próprio Tribunal de Contas. Portanto, no que diz respeito à prestação de contas da APM junto aos órgãos públicos não há NADA que nos impeça de continuar celebrando convênios com quaisquer órgãos públicos, em nenhuma esfera, municipal, estadual ou federal.

Outro ponto sobre o qual a Secretária vem se manifestando diz respeito à coordenação administrativa e pedagógica do conservatório, afirmando claramente e repetidas vezes que somos uma unidade da Secretaria de Cultura e Turismo e que, portanto, ela tem o direito de indicar seus coordenadores, tanto administrativo como pedagógico. No entanto, o Regimento Interno deste estabelecimento determina que o Diretor Administrativo deve ser eleito pelo corpo docente entre seus pares, ou seja, um professor em exercício no Conservatório. Este diretor eleito convida para fazer parte de sua equipe o Coordenador Pedagógico. Portanto, ou a Secretária desconhece o Regimento Interno de sua unidade, ou tem a intenção de arbitrariamente alterar o regimento.

Na Assembléia realizada no dia 03/03/2010 (onde a Secretária declarou os pontos acima tratados), pais, alunos e professores votaram pela continuidade das aulas durante e depois da vigência do aviso prévio (assinado em 01/03/2010), bem como que os alunos continuariam a comparecer às aulas. Os professores têm estado presentes na escola ministrando suas aulas. No entanto, por motivos de segurança, civilidade, boa educação, e legalidade, optamos por nos retirar deste edifício no prazo estabelecido pela Secretária de Cultura e Turismo através de correspondência oficial, a qual determina a entrega das chaves até o dia 31/03/2010.

Sendo assim, estamos em busca de um novo local onde possamos retomar nossas atividades o mais breve possível.

Quanto à manutenção do nosso quadro de professores, sabemos que nem todos terão condições de honrar o compromisso de permanecer nas suas atividades após a rescisão de contrato como foi decidido em assembléia soberana. Felizmente são poucos! Mesmo sem contrato de trabalho, a maioria dos professores permanecerá atuando em respeito ao seu direito, aluno, de acesso ao conhecimento.

Precisamos decidir em conjunto, pais, alunos e professores, sobre o caminho que trilharemos a partir de agora. Temos um patrimônio físico, intelectual, financeiro e emocional que precisamos preservar. Para isso precisamos estar juntos na busca desta nova forma de existir.

Portanto solicitamos a CONFIRMAÇÃO DE RECEBIMENTO deste e-mail/carta para que possamos estimar as nossas demandas. Sabemos que não somos unanimidade e que nem todos os nossos alunos nos acompanharão neste desafio. Não guardamos deles nenhum rancor, pois consideramos com apreço a liberdade do ser humano. Aos que ficam conosco, nosso profundo empenho e carinho nesta eterna jornada do conhecer musical.

CONFIRME O RECEBIMENTO DESTE E CONFIRME SUA MATRÍCULA!

Estamos tentando transformar a APM em uma fundação para garantir a sua autonomia e oportunizar melhores meios de arrecadação de recursos e também uma maior independência do poder público. Responda qual é a sua opinião sobre isso. Você concorda, apóia?

MANDE E-MAIL PARA conservatorio_mmp@hotmail.com E DÊ A SUA RESPOSTA!

Atenciosamente Direção, Coordenação Pedagógica e Professores

Link permanente Deixe um comentário

Manifestação dia 30/03 terça feira na Câmara dos Vereadores às 13 hrs…

26/03/2010 at 10:20 (Histórico do movimento Conserva o CONSERVAtório)

               Olá pessoas… Nesta próxima terça feira vamos realizar uma manifestação na câmara dos vereadores… as 13 hrs… a idéia é fazer um concerto utilizando flautas doce… se vc tem flauta doce, leve… assim podemos fazer bastante barulho… vamos levar o material pra vcs lá… a idéia tocar  as primeiras lições do método Videla… que são bem fáceis…  podemos nos reunir e fazer outras músicas que vcs sugerirem… é só entrar em contato! e a gente se organiza…  temos que levar faixas também, a idéia é participar da assembléia na câmara… na verdade, talvez não possamos falar… mas o legal é ir um monte de gente com faixas e cartazes e estar presente durante a sessão com todo esse material…  pela manhã nós estaremos indo de gabinete em gabinete dos vereadores explicando a situação e pedindo apoio… vamos elaborar esse material impresso para facilitar a participação de todos… por favor entrem em contato com o maior número possível de pessoas e vamos nos mexer rápido…

Link permanente 1 Comentário

Assembléia Extraordinária dia 24, 19:30h

22/03/2010 at 22:56 (Histórico do movimento Conserva o CONSERVAtório)

Atenção Pais, Alunos e Professores.
 
 
Convocamos todos para a Assembléia Extraordinária da APM dia 24/03/10, quarta-feira, às 19h30 no Auditório da Reitoria da UEPG – Centro.
 
 
Sua presença é indispensável. Avisem todas as pessoas que vocês conseguirem.
Até lá.
Mateus W.

Link permanente Deixe um comentário

Mensagem de Luana Bittencourt Marques

18/03/2010 at 22:52 (Histórico do movimento Conserva o CONSERVAtório)

A história do Conservatório Maestro Paulino Martins Alves se enlaça com a minha história. Comecei minha vida musical lá. Aos seis anos de idade já fazia aulas de musicalização e flauta doce, além do coral. Minha jornada no conservatório foi longa, foram 15 anos entre aulas de musicalização infantil, flauta doce, coral, piano, canto, flauta transversal, fisiologia da voz, história da música, estruturação musical e teoria musical.

E o que isso resultou na minha vida?

Hoje sou formada em Licenciatura em Música pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, trabalho como professora na Rede Estadual e realizo trabalhos sociais com música em Ponta Grossa e em outros países. Imaginar como teria sido minha vida sem a oportunidade de estudo que recebi no conservatório fica difícil. E certamente eu sou só mais uma entre muitos ex. alunos.

E o que vejo de mais essencial em tudo isso foi à valorização da formação musical logo na infância. Creio que se não tivesse começado cedo, aos seis anos de idade, não seria igual.  Isso é um fator obvio, estudos comprovam que crianças desenvolvem certas habilidades com mais facilidade através do conhecimento cognitivo.

Novidades sempre são bem vindas e reformulações sempre são necessárias, principalmente quando falamos de uma instituição pública, que deve ser muito bem administrada. O que é inadmissível é se perder uma característica tão particular e fundamental quando se trata de um conservatório musical. A importância da Educação Musical Infantil.

Recentemente em uma visita a Europa (onde fui convidada a realizar um trabalho com música, graças ao que vim aprendendo no Conservatório Maestro Paulino Martins Alves desde minha infância) tive a oportunidade de conhecer o Conservatório Musical de Huelva, na Espanha, muito me encantei com toda a estrutura, com as salas de aula, auditórios e com a quantidade de alunos. E assim como todos os Conservatórios Musicais da Europa, América e inclusive o nosso, uma ênfase no trabalho de musicalização infantil.

O meu protesto com relação a toda essa movimentação que tem acontecido este início de ano no nosso Conservatório não é contra mudanças, mas sim contra uma ruptura brusca na estrutura de ensino que vem sendo usada há anos, e que muito tem funcionado. Esta estrutura existe há séculos e em todo o mundo ocidental. Os alunos que procuram o conservatório vão em busca de uma formação musical de qualidade.

E não podemos esquecer que as notas e a sonoridade são apenas uma parte da música. Ela vai muito além disso, ela desempenha um papel social e pode determinar o futuro de uma criança. Foi assim comigo e com muitas outras pessoas que conheci naquela escola, hoje músicos ou não, mas certamente pessoas melhores!

“Instrui o menino no caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele.”  (Pv22:6)

Ponta Grossa, março de 2010

Luana Bittencourt Marques

Link permanente Deixe um comentário

« Previous page · Next page »